Finlândia, a terra do Papai Noel

folder_openGeral

Rovaniemi, junto ao Círculo Polar Ártico, tem a vila do Papai Noel, rebanhos de renas e opções de passeio para os crescidinhos!

Várias cidades pelo globo clamam ser o lar do velhinho, mas Rovaniemi, na Lapônia finlandesa, é um dos destinos mais populares. A bucólica paisagem nevada, os rebanhos de renas e o fato de estar bem junto ao Círculo Polar Ártico formam um conjunto irresistível.

 

Localizada a 830 quilômetros de Helsinque, a capital da Finlândia, é um bom destino não só para conhecer a Vila do Papai Noel, mas também para passear com trenós de renas e cães, snowmobile e para ver as impressionantes luzes da aurora boreal.

 

Bom velhinho

A cidade de Rovaniemi fica na Lapônia, a 830 quilômetros de Helsinque, a capital finlandesa. Por lá, é possível visitar a vila de Santa Claus (o nosso Papai Noel). Fazer excursões de snownbile (uma espécie de jet-ski para neve), trenós puxados por renas ou cães e se hospedar em hotéis de gelo, também são boas opções!

 

Pedidos

Milhares de crianças costumam enviar cartas para o Papai Noel e Rovaniemi, na Finlândia, é um dos endereços mais populares. Canadá e “Pólo Norte” são outros destinos populares. No Brasil, as cartas são recebidas pelos próprios Correios e voluntários tentam enviar o maior número possível de respostas.

 

Tradição

A casa do Papai Noel encontra-se na cidade de Rovaniemi, na Lapônia, norte da Finlândia. A tradição da árvore de Natal teve origem no norte da Europa e muitos creditam sua criação a Martinho Lutero, apesar de haverem poucos dados factuais que atestem essa teoria. Um símbolo cristão não-oficial, aumentaria sua representatividade quando foi eternizada adotada por João Paulo II na Praça de São Pedro.

 

Renas

As renas (ou caribus) são parte fundamental do modo de vida dos povos das regiões sub-árticas. Leite, carne e couro são produtos essenciais para povos como os sami da Finlãndia e para isso foram domesticados. Conta a lenda que renas voadoras puxam o trenó do Papai Noel, uma das imagens mais duradouras das celebrações de Natal. E, como deu para perceber, nenhum dos espécimes retratados tem o nariz vermelho. Pobre Rudolph.

 

Raízes

A chegada do Papai Noel à Finlândia é relativamente recente e fortemente ligada a questões mercadológicas. Antigas lendas escandinavas e finlandesas foram pouco a pouco sendo sepultadas por tradições vindas de povos cristianizados do sul, como os holandeses e alemães, e o local virou uma espécie de lar oficial de Santa Claus, como é chamado em alguns idiomas, já no início do século 20. Outros países, como Suécia, Noruega e Canadá também possuem suas próprias casas do Papai Noel.

 

Sono gelado

O Arctic Snow Hotel, em Rovaniemi, Finlândia, é uma divertida forma de hospedagem, onde a temperatura do quarto fica sempre em torno dos 5 graus negativos.

 

A Vila

Rovaniemi, junto ao Círculo Polar Ártico, tem a sua própria vila do Papai Noel, com oficinas de brinquedos, várias lojas (claro!) e um cantinho para você tirar uma foto com o bom velhinho.

 

Snowmobile

Expedições em snowmobile são uma ótima alternativa de lazer para jovens que não estão muito interessados no Papai Noel. Um misto de moto com jet-ski, é diversão na certa.

 

Trenós

Uma das atividades mais populares na Lapônia é o passeio com trenós puxados por cães de tiro. Cães do tipo husky são muito bem adaptados ao frio da região ártica e há séculos vêm sendo utilizados para puxar trenós. Foi com o auxílio desses animais que exploradores como Roald Amundsen chegaram aos pólos, no início do século 20.

 

Sol da meia noite

O Círculo Polar Ártico cruza as terras de Islândia, Groenlândia, Canadá, EUA, Rússia, Noruega, Suécia e Finlândia. Nas regiões ao norte dessa latitude ocorre o fenômeno do sol da meia noite, quando o sol não se põe durante os meses de verão. Ele ameaça cair no horizonte, mas logo volta a subir, num vai e volta entorpecedor. Já no inverno ocorre o oposto, com uma noite permanente que dura mais de 180 dias. Rovaniemi, na Lapônia, é uma das regiões onde se pode presenciar esse fenômeno.

 

Um pouco da história do Papai Noel

Como esse cenário dos sonhos virou parte da celebração do nascimento de Jesus Cristo é uma longa história. O fato é que o bom velhinho simboliza o 25 de Dezembro mais do que o próprio presépio. Para alegria dos consumistas de plantão…

A origem mais aceita para a lenda do Papai Noel remonta a São Nicolau. Um religioso grego que viveu no século 4 onde hoje é a Turquia. As histórias sobre sua generosidade para com as crianças se espalhariam pela Europa, chegando a terras distantes. Nesta última ele tomaria as feições de Sinter Klaas, já com longas barbas brancas e as vestes vermelhas de um bispo. Seu fiel companheiro é Zwarte Piet, que provavelmente inspiraria a figura dos elfos assistentes. O costume de entregar presentes começou por essa época e foi se desenvolvendo até chegar aos Estados Unidos – onde é conhecido como Santa Claus, para tornar-se arma infalível das lojas de departamentos para promover as vendas natalinas.

 

Pode-se dizer que este lugar é como um sonho, não é mesmo? São muitas histórias que fazerm os olhos brilharem!

 

Programe-se e faça uma visita à Rovaniemi! Agradecemos por acessar nosso Blog, tenham todos um final de semana maravilhoso!

 

Fonte: Viagem e Turismo

O post Finlândia, a terra do Papai Noel apareceu primeiro em Blog do sr. SIAPE.

Receba as notícias antes dos demais Assinantes!

Clique para ativar as notificações e receba antes de serem publicadas

Receba as notícias antes dos demais Assinantes!

Clique para ativar as notificações e receba antes de serem publicadas

Publicações Relacionadas

Geral

question_answer0
Learn More About Online Slot Machine Gambling Because they are simple to learn and fun to play they are a…

Deixe seu Comentário

Menu
[elfsight_whatsapp_chat id=1]
whatsapp icone